terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Mãos à OBRA...






Pára e Escuta


Vive sempre no Presente


Saboreia a beleza da Vida


Conquista os teus medos


Arrisca sempre nas opções


Compromete-te nas decisões


Assume os desafios que a vida te propõe


Abre-te ao outro. Não vivas em espiral


Cria raízes profundas de intimidade no Espírito, para sorveres do leito de Deus


Acredita sempre – sempre! – que apesar dos teus desencontros e fracassos, és amado(a)


Transparente e Fiel a ti mesmo(a)


Audaz


Livre


Morre bem para que possas Renascer Bem






A Vida continua...e a Obra também...


A OBRA...

TUA...

CRESCE...

CONTINUA...



CONTINUAS...HOJE...

AGORA...

7 comentários:

Rui Santiago disse...

Obrigado por ti!

Luísa Pinto disse...

Obrigada Gustavo pela tua presença nas nossas formações e pelas tuas palavras que ajudam a ver tudo o que nos têm trazido de novo, de uma forma mais simples! =)

calmeiro matias disse...

Olá Gustavo
Obrigado por esinterpelação.
É um apelo sério e perfeito feito ao homem em construção.
Coisa bela e profunda!

Mila disse...

Obrigada Gustavo!

Estas palavras são muito reconfortantes!

figlo disse...

Se formos capazes de nos deixar nascer de novo...aprenderemos a viver de modo novo também...
Abraço Glória

Micaela disse...

Olá, Gustavo.
Muito obrigada por me ajudares a saborear um pouquinho melhor o Amor do Abba. Sobretudo, muito obrigada, por me incitares a deitar mãos à obra. Muitas e muitas vezes, tenho a tentação de me acomodar, mas não pode ser.
Não posso mudar o Mundo, mas só eu posso mudar a parte do mundo que depende de mim.

Alice Claro disse...

Perdoa-me mas.... a minha vida é uma espiral contínua... que alarga o tamanho do meu coração. Cada vez que leio cada frase que escreveste ela alarga mais, e mais, e mais... até ficar capaz de abraçar o mundo.

Obrigada não pelas letras.... pelas palavras....